sexta-feira, 10 de abril de 2009

Como quem escreve um poema...

No tempo em que os balões tocavam as estrelas
Mimi pensava que nunca se iriam separar...
Mas em 2006 ele partiu devagarinho, ao som de violinos,
como quem escreve um poema...

6 comentários:

mili disse...

Mimi, bem que me avisas, mas a reacção é instantanea; e lendo as tuas sábias e doces palavras, uma sequência de imagens invade a minha cabeça e as lágrimas caem.

Marina disse...

A vida é assim...

Vieira Calado disse...

Desejo-lhe

BOA PÁSCOA.


Beijinhosss

Marina disse...

Veira Calado
Obrigada
Beijinhos
Boa Páscoa!

tempusinfinitae disse...

Não fiques triste.

Volta tudo. Uma e outra e sempre mais uma vez. De vez em quando ouvimos os violinos e sabemos que nos querem bem.

Marina disse...

tempusinfinitae

...volta tudo com a saudade...
obrigada pelo apoio.